Abordagem minimamente invasiva

A abordagem minimamente invasiva visa a mínima invasão com máximos resultados. Veja aqui como funciona.

Atualmente, a maioria dos procedimentos cirúrgicos no tórax pode ser realizado com pequenas incisões, permitindo uma recuperação mais rápida e menor dor no período pós operatório. A abordagem minimamente invasiva permite a abreviação da internação hospitalar e o retorno mais rápido às atividades normais.

Tanto a cirurgia vídeo assistida quanto intervenções percutâneas ou endoscópicas são particularmente úteis naquelas situações onde a doença pode ser controlada ou eliminada  nos seus estádios inicias , ou onde a condição clínica do paciente não permite intervenções maiores em virtude da baixa reserva cardiopulmonar.

A abordagem minimamente invasiva do tórax inclui ainda a possibilidade de tratamento dos sintomas e da própria doença através de procedimentos percutâneos ou realizados com a endoscopia. 

Neste artigo científico publicado na revista Einstein você poderá encontrar detalhes sobre a indicação e características desses procedimentos

 

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS 

Acesse aqui o PDF anexo.SALA.ROBOTICA;  e veja o checklist de montagem da sala robótica  


 

Voltar